31 de janeiro de 2008

Escola de Música do Conservatório Nacional

Se eu vos dissesse que decorria neste momento um processo no qual é ponderada uma decisão de fechar todas as escolas secundárias do país para os alunos que lá estão e deixá-las apenas a funcionar para uns outros que entrarão, tudo em nome de uma reestruturação do ensino o que me responderiam?!
Eu sei! Isso é impossível! Que despautério? 'Tás a gozar?!
Não se assustem, ainda não chegamos a tanto.
Mas neste momento decorre um processo para uma decisão que parece impossível, que é um despautério, e não 'tou a gozar!
Ninguém fala, ninguém sabe, mas este país que tanto busca pela civilização, pelo desenvolvimento, pela cultura, arrisca-se a ficar sem músicos! E tudo porque os actuais alunos da Escola de Música do Conservatório Nacional arriscam-se a vir todos para a rua!!
Está em marcha uma reestruturação da escola que levará à tomada de várias medidas, entre as quais abrir a escola só para os que estão em harmonia com o plano de curso académico, ou seja 5º ano de escolaridade, 1º ano de conservatório.
Concordo, está certo.
O problema é que na decorrência disto podem decidir que todos os alunos que não estão nestas circunstâncias saiam e percam todos os anos que já fizeram de conservatório, tenham de voltar para a escola normal a fim de terminar o secundário e percam todos os anos da sua vida que investiram no sonho da música! e até que os novos que vão entrar se formem músicoa ainda vão 8 anos pelo que arriscamo-nos a perder uma geração de músicos portugueses.
Não posso ficar calada, e todos sabem que não costumo vir para aqui criticar as políticas do Governo, mas peço que divulguem esta barbaridade que estão a fazer àqueles miúdos que não têm culpa da mudança. A decisão vai ser tomada dia 11. Espero que seja uma boa decisão.
Peço favor de divulgarem este assunto, porque ninguém fala disto, porque não sabe!
Obrigada

2 comentários:

Alexandra disse...

Contra o Fim do Ensino Especializado da Música em Portugal:

http://www.petitiononline.com/CFEEMP/petition.html

Alexandra disse...

Petição ao Primeiro Ministro e ao Presidente da República:

http://www.petitiononline.com/prpm/petition.html