20 de janeiro de 2010

Fotos

Há qualquer coisa de místico num flash nocturno de óculos escuros, misturado com um beijo maroto, e com um abraço despreocupado...
Há simplesmente uma essência que emana dessa lembrança como o cheiro do bolo de chocolate acabado de fazer ou do mar na ponta de Sagres e que me pinta o dia de azul mar e amarelo torrado, cores quentes doutros momentos doces, que hoje relembro num tom sépia, reservado às memórias mais sublimes!

1 comentário:

Bruna. disse...

Muito bom o texto! Soboroso de ler...
Dá um passada lá no meu blog,é um espacinho cheio de contos, poesias, devaneios e laços azuis.
Te espero lá no http://khatarsisencontros.blogspot.com/
E se você gostar do que sentir/ler me segue! Lá tem sempre novos universos prontos para se abrirem.
Um grande abraço,
Bruna