2 de setembro de 2008

Sorriso das estrelas, Nicholas Sparks

« Na sua maior parte, as pessoas não são assim tão diferentes umas das outras. Jovem ou idoso, masculino ou feminino, quase toda a gente que conhecia desejava as mesmas coisas: queriam sentir o coração em paz, queriam uma vida sem sobressaltos, queriam ser felizes. A diferença (...) era que, na sua maioria, os jovens pareciam pensar que aquelas coisas os esperavam num ponto qualquer do futuro, enquanto boa parte dos idosos acreditava que elas faziam parte do passado»

Dá que pensar... Os momentos felizes são os do hoje. O amanhã é o ontem do futuro...

1 comentário:

nadia disse...

Desculpa a ausência, desculpa as minhas falhas de tempo (cerebral também!), mais não seja para te enviar uma mensagem a dizer que as saudades apertam mesmo (acreditas em mim? :( ) e que queria poder dar-te um abraço... no hoje! Mesmo que haja muito amanhã... *